O que encontrar do outro lado da esquina... uma luz, um amor, um sonho, um silêncio, um verbo ou uma conjunção que conecte dois mundos?



terça-feira, 16 de agosto de 2011

Efêmero


A anciã pendura a roupa
no meio da praça -jogam,
comem, bebem e se beijam-
os lençois têm cheiro de céu desbotado
suas mãos, de terra salpicada de chuva recente
se secam
tu és poesia, poesia é
a fotografia do Tempo.

 

Nenhum comentário: