O que encontrar do outro lado da esquina... uma luz, um amor, um sonho, um silêncio, um verbo ou uma conjunção que conecte dois mundos?



terça-feira, 30 de agosto de 2011

Piruetas



O vento sopra apressado
páginas de um livro sem nome
penteando as primaveras
dedos ágeis que procuram
que palpam, que sonham
com o primeiro cheiro do outono
e a cadência de primeiras ondas
que navegam castelos de areia
e inundam trompetes de caracóis marinhos.
Escutas? Os peixes dançam abraçados
e as letras vão embora, se afastam
galopando em bolas de sabão,
os olhos engatinham caçando a luz do dia
em rostos resplandecentes
e os pássaros voam alto
caçando aquelas mesmas letras que partem...
e já partiram.
Quando chegou o inverno?
Brincamos de esconde-esconde?
um, dois, três
ensaiando os passos
a...na...da...me dá algumas sílabas
e te devolvo um reino,
quando alguém se descobre no mundo
e admira perscrutador suas mãos pequenas,
aí então os peixes que dançam abraçados
bebem os mares e voam bem alto
fazendo piruetas ao lado daqueles pássaros
que retornam...
...já é verão.



Nenhum comentário: