O que encontrar do outro lado da esquina... uma luz, um amor, um sonho, um silêncio, um verbo ou uma conjunção que conecte dois mundos?



sábado, 13 de agosto de 2011

Revelar-lhe



em um mundo que se abre quando os olhos se fecham

os relógios se derretem no ângulo morto

encontramo-nos, onde só o sonho nos espreita

um pouco mais, perto de mim a assimetria do seu sorriso

como de costume, falamos sobre notícias recentes - me surpreende vê-lo -

conto-lhe que estive

no seu funeral as flores estavam tranquilas

a expressao do seu rosto nao procurava respostas

conto-lhe que

os amigos estiveram presentes, falaram de você,

lhe pediram perdao

roubaram alguns livros e fotos do seu passado

você volta a sorrir, sem procurar a compreensao

e me diz: deixa estar

me diz que está vivo, os detalhes nao lhe importam

- me surpreende vê-lo -

Desperto.




Nenhum comentário: