O que encontrar do outro lado da esquina... uma luz, um amor, um sonho, um silêncio, um verbo ou uma conjunção que conecte dois mundos?



segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Amuleto de Afrodite

Para pintar meus olhos
Com a cor dos teus sonhos
Que me fazem prisioneira

Para pintar as unhas
Com a cor do ocaso
Que queima a calma

Para pintar os lábios
Com a cor do orgasmo
Que flama as almas

Para pintar a pele
Com a cor da brisa
Que acaricia os montes

Para pintar o cabelo
Com a cor das flores
Com aroma de primavera

Para pintar as curvas
Com a cor dos caminhos
Onde se perdem tuas mãos

Para me pintar de Vênus
Com a cor da tua boca
Quando bebe da minha fonte

Para pintar as noites
Com a cor de amantes
Que se entregam à paixão

Para pintar pensamentos
Com a cor de palavras
Que umidecem teu sexo
E unem nossos corpos

Para pintar as horas
Com a cor dos teus beijos
Quando desponta a aurora
E amanheço em teu peito

Para pintar de tempo
Com a cor do amor
E para sempre te adorar:

fica por um instante
no teu silêncio
e na minha lembrança.

2 comentários:

Sergio disse...

Es preciosa, me gusta como suena en portugués, su musicalidad, aunque por supuesto agradezco su traducción.

Silencio disse...

Yo es que le agradezco sus palabras! Abzs.