O que encontrar do outro lado da esquina... uma luz, um amor, um sonho, um silêncio, um verbo ou uma conjunção que conecte dois mundos?



domingo, 15 de janeiro de 2012

Sem Título

Tenho todas as cartas
que um dia me falaram
da terra
da gente
dos costumes
do tempo
do amor
da guerra
do cheiro do teu sexo
e do sabor do teu sêmen

Tenho todas as cartas
que me falaram de cada dia
em que atracas no meu porto
e a terra
a gente
os costumes
o tempo
o amor
a guerra
teu sexo e teu sêmen
são a realidade que nasce
das linhas que escrevemos
dia a dia